O que é PPC?

Peregrinação Por Cristo

PPC – Peregrinação por Cristo, nome que deriva do heroísmo missionário dos monges do ocidente imortalizados na obra clássica de Montalambert. Essa multidão invencível “deixou a sua terra, a sua família, a casa de seus pais (Gn12), e cruzou a Europa nos séculos VI e VII reerguendo a fé que o desabamento do Império Romano arrastara consigo. Com o mesmo idealismo a Peregrinação Por Cristo envia grupos de legionários, para ali exercerem “a missão delicada, difícil e impopular de revelar que Jesus Cristo é o Salvador do Mundo, missão essa de que o povo deve se encarregar” (Paulo VI). “Ide por todo o mundo e pregai o evangelho”. (Lc 10) Manual Cap. 40,8 pág. 322.

 

PPC não é passeio, aventura, férias da comunidade, do praesidium e da família. PPC é ação concreta, apostolado ativo, preocupação que o reino de Deus aconteça; é despertar a fé em muitos; é reviver o entusiasmo em outros. PPC é oração: orar +ação. É apostolado contínuo de manhã, de tarde e à noite. PPC é trabalho em lugares nem sempre conhecidos ou agradáveis, e com todo tipo de pessoa. PPC é obediência “não vou fazer o que eu quero”, mas o que tem que ser feito, estando de acordo com o padre do local e o Bispo diocesano. PPC é disponibilidade e disposição às visitas domiciliares (de porta em porta), de manhã, de tarde, com chuva ou com sol. PPC é ser dócil à ação do Espírito Santo; “não vou levar minha verdade, ou autoridade”, vou visitar e chamar (a maioria das vezes) os que estão afastados ou despertar aquela fé que está adormecida ou acomodada lá no fundo, toda empoeirada. PPC é Maria ouvindo o anúncio do Anjo visitando Isabel, fugindo para o Egito, acompanhando seu Filho, estando em pé junto à cruz, portanto, é firmeza, coragem e muito amor no coração. PPC é vivência de sete a quinze dias totalmente voltados para o apostolado, cumprindo a ordem de Jesus: “Ide e pregai o evangelho”, testemunhando o cumprimento da promessa: “estarei com vocês todos os dias”.

 

Como acontece uma PPC

 

1º Recomenda-se que o grupo seja de 20 a 30 pessoas. 2º Acomodações para todos: colchão, sala ou salão para refeições e reuniões e oração. 3º Uma ou mais pessoas para cozinhar. 4º Ficha para fazer o controle das visitas e o resumo final. 5º Material para evangelização: folhetos, terços (preferencialmente, já abençoados), revistas religiosas, jornal, preferencialmente da Legião de Maria. A Tessera somente para membros legionários convidados. Se possível folhetos que esclareçam sobre a Legião de Maria. É bom fazer uma lista de todo o material. 6º O grupo adota por nome um título de Nossa Senhora. 

 

Agenda do Dia

Despertar

Oração

Café da manhã

Saída para o trabalho apostólico

Volta

Almoço – descanso

Reunião

Saída para o trabalho apostólico

Retorno

Jantar

Atividade noturna

Oração da Noite

 

Agenda detalhada

1- Os horários devem ser determinados no local.

2 - Oração – geralmente feita do – Ofício das Comunidades que é extraída da Liturgia das Horas, é uma fórmula completa: silêncio para concentração – abertura (motivação), Salmo – hino – leitura bíblica partilhada (de preferência da liturgia do dia) – preces – a reza do Pai Nosso – e benção (se o padre estiver presente). Em alguns lugares se faz a Celebração da Palavra, ou Celebração Eucarística, sempre a critério do grupo.

3 - Café da manhã.

4 - Saída: o coordenador determina os pares e as ruas em que irão trabalhar, uma ficha por par, material que não deve ser distribuído indiscriminadamente. O preenchimento da ficha tem que ser discreto, esclarecendo (se precisar) que é para controle do trabalho.

5 - Retorno – o par conversa sobre o trabalho, o que será apresentado na reunião e o preenchimento da ficha.

6 - Almoço – Descanso para repor as energias – Se o legionário não tem o hábito do descanso após o almoço, pede-se que respeite, por caridade, o silêncio.

7 - Saída – retorna a mesma rua (ou não). O par legionário será o mesmo ou recomenda-se mudá-lo para haver um maior aprendizado entre os legionários.

8 – Retorno do trabalho diário.

9 - Jantar.

10 - Atividades – na igreja ou nas casas das famílias – pode ser: Celebração da Palavra, formação bíblica, encontro penitencial (muito útil), oração do rosário, encontro com jovens. Encontro com as crianças - o horário mais adequado é no período da tarde.

11 - Oração da noite - que também pode ser o Ofício das Comunidades.

12 - A reunião deve ser feita diariamente. O horário fica a critério do grupo. Tudo deve ser feito como a reunião semanal: orações iniciais da Tessera, Rosário, Leitura espiritual (versão sobre missão, visitas ou alguma necessidade do grupo), leitura da ata, prestação de contas (não deve ser longa), Catena, Alocução (sempre visando a realidade do local do grupo: o momento atual), envio (para nova jornada), avisos e recomendações, oração final. A duração não pode ser cansativa.

13 - Há padres que pedem para abençoar as casas, há formas próprias para ser rezada com as pessoas, e aspersões de água. Lembramos que não se devem benzer pessoas. Não é recomendável dar solução aos problemas, deve-se ouvir, conversar, e orientar a pessoa a ir falar com o padre, é bom pegar os nomes para por na oração.

14 - Onde houver possibilidade, pode-se fundar praesidium; marcar uma primeira reunião para expor a Legião de Maria; uma segunda reunião para indicar e orientar funções e cargos e, por fim, uma terceira ajudando o novo grupo oficial nas suas funções. Tudo isso deve ser feito, sempre, com o conhecimento do pároco e o acompanhamento do Conselho local.

15 - Rosário em praças, Vias-Sacras nas ruas (mesmo fora de época), Procissões coroações de Nossa Senhora marcam profundamente o povo.

 

A realidade

Não se pode perder o foco: a realidade local. Se as pessoas não acordam cedo, principalmente locais de praia não é bom bater na porta às 7h00, se fazem a “sesta” (descanso após o almoço) não gostam de ser incomodados às 13h00.

Por isso, é a Legião de Maria que se adapta à realidade e não ao contrário. Trabalho em cidade ou bairros sempre dois a dois. Em sítios, chácaras é bom ir de três e às vezes o grupo todo. Todos foram chamados, mas não para todas as tarefas. Todos têm dons, mas, a maioria não tem todos os dons, portanto, ter em mente que fazer visitas no bairro não é a mesma coisa que fazer visitas nas missões (PPC). Ter consciência da própria realidade e das próprias limitações, sobre o que “eu posso e o que eu não posso”. PPC é missão e missão é serviço. Para muitas pessoas o único evangelho para que elas verão em toda a sua vida, pode ser você (Farnk Duff). A missão é Jesus passando vilas, bairros e outros recantos, anunciando que o Reino de Deus está dentro de cada coração e precisa ser vivido. É Maria atenciosa “façam tudo que Ele mandar” (Jo 2), querendo ver conversões e muita água (nem sempre de qualidade) transformada em vinho novo. E o Espírito Santo agindo. Para que tudo isso aconteça, a Legião conta com você.

EXPEDIENTE DA DIRETORIA

Terça e Quinta - 13:30 às 17:00

EXPEDIENTE DO SENATUS

Reunião do Senatus: 1º sábado de cada mês - 09:00 às 12:00

Av Guaratan, 1037 - Calafate - (como chegar)

CEP.: 30411-516 Belo Horizonte - MG

 

by Conjutec - © 2014 Legião de Maria - Senatus Immaculata - BH. Todos direitos reservados.